Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

CDS-PP acusa BE de não pretender renegociar a dívida mas apenas não pagar

Lusa

  • 333

Lisboa, 10 jul (Lusa) - O CDS-PP acusou hoje o BE de não pretender renegociar a dívida mas apenas não a pagar, o que implicaria a saída da Zona Euro e "a maior perda de poder de compra desde o 25 de Abril".

"Um país que rasga o memorando e que unilateralmente se propõe a pagar metade do que deve terá como consequência a saída da moeda única (...) está a preconizar a maior perda de poder de compra desde o 25 de Abril, com os portugueses a ganhar dois terços ou metade do que ganham atualmente", afirmou a deputada centrista Cecília Meireles.

Durante um debate agendado pelo BE sobre renegociação da dívida, a parlamentar do CDS-PP considerou que a proposta dos bloquistas é "uma ilusão e induz as pessoas em erro".