Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

CDS-Lisboa pede "amplo debate" sobre setor empresarial antes da extinção da EPUL

Lusa

  • 333

Lisboa, 04 dez (Lusa) - O líder da concelhia de Lisboa do CDS-PP, João Gonçalves Pereira, criticou hoje "o anúncio repentino" da extinção da empresa de urbanização da cidade (EPUL), defendendo "um amplo debate" sobre o setor empresarial municipal lisboeta.

Depois de uma reunião com a comissão de trabalhadores da EPUL, João Gonçalves Pereira criticou o anúncio de extinção da EPUL "de forma muito repentina", com "surpresa e urgência desmedidas", esperando que a Câmara de Lisboa debatesse a situação da empresa municipal.

"Devia existir um amplo debate relativamente à situação da EPUL antes do extinguir a empresa. A câmara devia ouvir a administração e os funcionários e debater a possível missão que a empresa poderia ter. Mas o município entende que não tem uma nova missão", disse o democrata-cristão à agência Lusa.