Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

CD entende que artigo na base da acusação ao FC Porto não se aplica à Taça da Liga

Lusa

  • 333

Lisboa, 13 fev (Lusa) -- O Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) justificou hoje a decisão de absolver o FC Porto e atletas no "caso da Taça da Liga" por entender que o artigo que era a base da acusação não se aplica.

Segundo as declarações do relator do processo e membro do CD, Álvaro Baptista, ao site da FPF, a acusação estava sustentada no artigo 13 do anexo V do regulamento de competições, mas o mesmo não se pode aplicar à Taça da Liga.

O artigo diz "qualquer jogador apenas poderá ser utilizado pela equipa principal ou equipa "B", decorridas que sejam 72 horas após o final do jogo em que tenha representado qualquer uma das equipas, contadas entre o final do primeiro jogo e o início do segundo".