Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Cavaco lembra encargo médio anual de 18 mil milhões com juros após 2014

Lusa

  • 333

Lisboa, 05 jul (Lusa)- O Presidente da República lembrou hoje que, após o final do programa de assistência económica e financeira, Portugal terá um encargo médio anual de juros e amortizações de dívida de cerca de 18 mil milhões de euros.

Na abertura do "Encontro de Economistas - Portugal no período pós-?troika'", promovido pela Presidência da República, no Palácio de Belém, Cavaco Silva referiu que, com o fim "dos empréstimos oficiais", a forma de assegurar o financiamento do Estado e da economia portuguesa será "uma questão-chave".

"Em 2014, Portugal terá de reembolsar obrigações do tesouro no total de 14 mil milhões de euros e em outubro de 2015 vence uma outra de 14 mil milhões de euros. Em média o encargo anual com juros e amortizações de dívida a partir de 2014 não será muito diferente de 18 mil milhões", afirmou o chefe de Estado.