Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Castigo leve para violadores de adolescente revolta Quénia

Lusa

  • 333

Nairóbi, Quénia, 10 out (Lusa) - O único castigo para três homens quenianos acusados de violar brutalmente uma adolescente e de a atirar ao esgoto foi aparar a relva em volta de uma esquadra, uma decisão que provocou revolta no país.

A jovem de 16 anos foi atacada, espancada e violada por seis homens quando regressava do funeral do avô numa localidade no oeste do país, em junho passado. Inconsciente, foi depois atirada para uma fossa.

A vítima reconheceu alguns dos agressores e três deles foram levados pelos populares à esquadra de polícia local, relatou o jornal Nation. "Foram obrigados a aparar a relva em volta da esquadra e libertados a seguir", afirmou a mãe da jovem, que ficou com uma fratura na coluna e outras lesões graves devido à violação e ficou confinada a uma cadeira de rodas.