Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Caso BCP: MP pede pena até 5 anos para Jardim Gonçalves ou indemnização até 10 MEuro

Lusa

  • 333

Lisboa, 10 set (Lusa) -- O Ministério Público pediu hoje a condenação de Jardim Gonçalves, antigo presidente do BCP, a uma pena de prisão até cinco anos que pode ficar suspensa mediante o pagamento de uma indemnização "não inferior" a 10 milhões de euros.

Durante as alegações finais do caso BCP, no Campus de Justiça, em Lisboa, a procuradora do Ministério Público (MP), Leonor Machado defendeu que "os arguidos [Jardim Gonçalves, Filipe Pinhal, ex-presidentes do BCP, António Rodrigues e Christopher de Beck, ambos ex-administradores do banco] devem ter a suspensão das suas penas condicionadas ao pagamento de indemnizações".

A procuradora afirmou que "deve distinguir-se, em sede de indemnização e de pena, Jardim Gonçalves dos restantes arguidos".