Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Caso BCP: CMVM afasta críticas e assegura que não usou documentos de Joe Berardo

Lusa

  • 333

Lisboa, 10 dez (Lusa) - O supervisor do mercado garante que não usou documentos fornecidos pelo empresário Joe Berardo nos processos que instaurou contra o BCP e seus antigos gestores, disse hoje à Lusa fonte oficial da CMVM, contrariando as críticas feitas pelos arguidos.

"A CMVM [Comissão do Mercado de Valores Mobiliários] não utilizou nenhum dos documentos que faziam parte da denúncia de Joe Berardo nos processos de contraordenação instaurados pela CMVM contra o BCP e os seus gestores, incluindo a denúncia feita pela CMVM ao Ministério Público relativa a indícios de manipulação de mercado", afirmou a referida fonte.

Hoje, vários arguidos no julgamento do caso que opõe a CMVM a nove antigos gestores do BCP acusaram o supervisor de ter mentido em tribunal quando disse, através dos responsáveis que foram ouvidos, que não utilizara qualquer documento entregue pelo acionista do banco, Joe Berardo, para formular os seus processos de contraordenação.