Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Casal malaio acusado de explorar, bater e queimar empregada indonésia

Lusa

  • 333

Kuala Lumpur, 06 out (Lusa) -- Um casal malaio foi acusado de bater, queimar e explorar a empregada indonésia no mais recente caso de abuso apesar das novas leis de proteção das auxiliares domésticas, foi hoje anunciado.

O Procurador Chuah Shyue Chien disse que Mohamad Shukur Suradi e a sua mulher Daeng Norulasyikin Bachok se declararam não culpados dos ferimentos provocados à jovem Marsini, de 21 anos.

No entanto, o Procurador acusa o casal de ter utilizado uma faca, um taco de golfe, um cabide e um cinto para baterem em Marsini que foi também queimada com óleo e água quente na casa da família na província de Johor, no sul da Malásia.