Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Casal condenado a 16 e 18 anos de prisão por matar ex-companheiro da mulher

Lusa

  • 333

Ílhavo, 20 nov (Lusa) - O Tribunal de Ílhavo condenou hoje a penas de 16 e 18 anos de prisão um casal de antigos namorados acusados do homicídio de um homem de 26 anos, ex-companheiro da mulher, decisão recebida com gritos em plena sala de audiência.

O coletivo de juízes deu como provado que os dois suspeitos, ambos de 24 anos, mataram Jorge Silva, atuando em comum acordo, contrariando a versão da arguida, que durante o julgamento negou ter desferido qualquer facada no ex-companheiro.

A pena mais leve foi aplicada ao elemento masculino do casal que, segundo o tribunal, foi o que mais contribuiu para a descoberta da verdade, descrevendo os factos "de forma mais consistente e credível".