Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Casa Pia: Manuel Abrantes e Jorge Ritto autorizados a sair da prisão para almoçar

Lusa

  • 333

Lisboa, 04 abr (Lusa) - Manuel Abrantes e Jorge Ritto, condenados no processo Casa Pia, saíram hoje, às 12:20, da prisão da Carregueira, onde haviam entrado cerca das 11:00, porque estão por resolver "questões administrativas" relacionadas com o cumprimento das penas de prisão.

Manuel Abrantes, ex-provedor adjunto da Casa Pia, e o diplomata Jorge Ritto, que se entregaram voluntariamente na manhã de hoje na cadeia Carregueira, em Belas (Sintra), receberam autorização para irem almoçar fora enquanto se estão a resolver as questões administrativas.

Fonte judicial disse à Agência Lusa, cerca das 11:00, que a 8/a Vara Criminal de Lisboa não tinha conhecimento formal de que Manuel Abrantes e Jorge Ritto já tivessem dado entrada na prisão da Carregueira, apesar de despacho a declarar o trânsito em julgado da sentença.