Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Casa Pia: Advogado das vítimas critica recurso de Carlos Silvino

Lusa

  • 333

Lisboa, 24 set (Lusa) -- O advogado das vítimas da Casa Pia condenou hoje quem recorre aos tribunais superiores para fazer passar o tempo, referindo-se à decisão de Carlos Silvino de recorrer da pena de 15 anos de prisão.

À entrada do tribunal, em Lisboa, o advogado das vítimas da Casa Pia, Miguel Matias, criticou a decisão do ex-motorista Carlos Silvino de recorrer para o Tribunal Constitucional da decisão do Supremo Tribunal de Justiça (STJ), que em julho validou a pena de 15 anos de prisão.

"As pessoas não devem recorrer para os tribunais superiores para evitar o decurso do tempo, mas sim para reclamar direitos e maus erros de julgamento. Infelizmente, este é um hábito que assistimos em Portugal. As pessoas recorrem para os tribunais superiores para fazer aquilo que o povo diz que é enquanto o pau vai e vem folgam as costas", criticou Miguel Matias, antes de entrar no edifício do Campus da Justiça, onde hoje prossegue a repetição de parte do julgamento do processo Casa Pia relativa aos crimes de abusos em Elvas.