Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Casa do Douro pede solução para o futuro ao Governo e parlamento

Lusa

  • 333

Lisboa, 30 abr (Lusa) - Direção e trabalhadores da Casa do Douro, sem salários há mais de dois anos e meio, alertaram hoje os deputados para os problemas desta estrutura que reúne milhares de pequenos viticultores, lamentando a ausência de decisões do Governo e parlamento.

O presidente, Manuel António Santos, alertou na comissão parlamentar de Agricultura e Mar que a estrutura vive uma "situação muito delicada" e avisou que "há que encontrar soluções muito rapidamente ou então a Casa do Douro entra em coma e fechará as portas".

A associação privada de direito público e de inscrição obrigatória possui, segundo dados fornecidos à Lusa pela direção, uma dívida ao Estado de 92 milhões de euros e deve mais 20 milhões de euros que foram pedidos à Parvalorem, ex-BPN.