Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Casa de escritor Jorge Amado na Bahia pode abrir portas do jardim ao público este ano

Lusa

  • 333

Macau, China, 12 mar (Lusa) - O jardim da casa de Salvador da Bahia onde as cinzas de Jorge Amado estão enterradas deverá ser a primeira área da propriedade a abrir portas ao público já este ano, disse à Agência Lusa a filha do escritor, Paloma.

"Tenho pensado em abrir ainda este ano o jardim, a área [da casa] em que não dependemos de uma segurança muito grande, quando o conseguirmos manter bem conservado, porque o meu pai está lá e muita gente gostaria de ir ao jardim, sentar-se debaixo da mangueira" ali plantada e "estar um pouco com ele", explicou Paloma Amado em Macau.

Jorge Amado morreu em agosto de 2001 e hoje teria 100 anos. A mulher, Zélia Gattai, morreu em maio de 2008, aos 91 anos. As cinzas dos dois estão enterradas debaixo da grande árvore do jardim da casa.