Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Carvalho da Silva defende "novas formas de afrontamento" numa "nova era" económica e social

Lusa

  • 333

Coimbra, 07 dez (Lusa) -- O docente universitário Manuel Carvalho da Silva disse hoje que Portugal e o mundo estão "na emergência de uma nova era", cabendo aos cidadãos criarem "novas formas de representação e afrontamento".

O ex-líder da CGTP, que intervinha na Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra (FEUC), criticou "o fundamentalismo económico e gestionário" dos governos, por ser "de trapaça e de mentira", apelando à "gestação de movimentos" que respondam à nova situação política e social.

"Para responder a isto, temos de ser criativos em termos de tempo e de espaço", acrescentou.