Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Carnaval: Lusofonia festeja o entrudo nas ruas, só Timor é exceção

Lusa

  • 333

Redação, 09 fev (Lusa) -- Timor é a exceção na celebração do carnaval nos países lusófonos, não havendo qualquer festejo programado, quando países como Angola, Guiné-Bissau, Cabo Verde e Moçambique vivem alguns dias de folia.

Luanda vai ser o palco central dos festejos do Entrudo em Angola, com a remoçada marginal da capital, inaugurada em agosto de 2012, a receber, hoje, no domingo e na terça-feira, o desfile de 39 grupos, apoiados pelo Governo Provincial, que aposta na recuperação de uma tradição que até meados dos anos 1990 se designava Carnaval da Vitória (assinalando, em 1978, a vitória sobre os mercenários sul-africanos).

Em 2002, depois das hostilidades resultantes da guerra civil que dilacerou o país na maior parte dos 38 anos de independência, o carnaval voltou a ter tema livre, predominando nos desfiles as cores amarela, vermelha e preta, da bandeira nacional. Alguns grupos recorrem a carros alegóricos para, ao som do semba, o ritmo preferido, se recuperar a memória das danças populares cazucuta, dizanda, cabetula, varina e cidrália.