Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Carnaval: Comerciantes da Nazaré dizem que não haver tolerância é mais uma "machadada" na crise

Lusa

  • 333

Nazaré,17 jan (Lusa) -- A Associação Comercial da Nazaré considerou hoje lamentável que o Governo não dê tolerância de ponto no Carnaval, contribuindo com "mais uma machadada" para agravar a crise que tem levado ao encerramento de vários estabelecimentos na vila.

"É lamentável que os nossos governantes não se preocupem com o impacto que estas medidas [não concessão de tolerância de ponto no Carnaval] têm no comércio de zonas turísticas como a Nazaré, que tem como pontos altos precisamente o verão, a passagem de ano e o Carnaval", considerou à Lusa António José Hilário, presidente da Associação Comercial Industrial e de Serviços da Nazaré (ACISN).

A associação, que nos últimos anos perdeu "vários associados que fecharam as portas devido à crise e às novas exigências de faturação" teme que os impactos da redução de turistas durante o período de férias do Carnaval se revele, "mais uma machadada para os estabelecimentos que se vão ressentir muito desta quebra de rendimentos".