Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Carlos Queiroz condenado a pagar indemnização ao jornalista Pedro Prostes

Lusa

  • 333

Lisboa, 06 nov (Lusa) -- O antigo selecionador de futebol Carlos Queiroz foi hoje condenado pela 7.ª vara cível do Tribunal de Lisboa a pagar 15.000 euros ao jornalista Pedro Prostes da Fonseca por danos de natureza não patrimonial.

Em entrevista à Antena 1, em 09 de julho de 2010, Carlos Queiroz, então selecionador nacional de futebol, desmentiu uma notícia que saiu no semanário Sol, em que o jornal cita declarações suas a criticar a Federação Portuguesa de Futebol (FPF), dizendo que as declarações que lhe foram atribuídas eram "falsas e mentirosas".

"Ficou provado que afinal eu não fui nem vigarista nem aldrabão e que reproduzi fielmente as declarações que o professor Queiroz me fez naquela altura", disse à Lusa Pedro Prostes da Fonseca.