Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Carlos Gomes Júnior admite voltar a candidatar-se a líder do PAIGC

Lusa

  • 333

Lisboa, 08 ago (Lusa) - Carlos Gomes Júnior, que há 11 anos dirige o maior partido da Guiné-Bissau e em abril retirou a sua recandidatura ao cargo, admitiu hoje que "até à última hora" poderá voltar a candidatar-se.

Em declarações aos jornalistas em Lisboa, após uma conferência de imprensa em que afirmou ser candidato a presidente da Guiné-Bissau nas eleições de novembro, Carlos Gomes Júnior recordou que até ao congresso do Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC) é líder do partido.

Questionado se pondera voltar a candidatar-se, o dirigente disse: Como presidente do partido, "dirigirei os trabalhos do congresso. Até à última hora, posso apresentar a minha candidatura".