Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Carlos Brito pede "consenso democrático e republicano" para rejeitar Governo "aventureiro"

Lusa

  • 333

Lisboa, 10 fev (Lusa) - O antigo dirigente do PCP Carlos Brito defendeu hoje que "basta um consenso democrático e republicano" no país para rejeitar o "projeto aventureiro" do Governo PSD/CDS-PP.

"Não é preciso ter uma perspetiva do mundo do trabalho, nem ser de esquerda, nem do centro-esquerda, basta um consenso democrático e republicano para rejeitar este projeto aventureiro, concebido por tecnocratas formados na escola do neoliberalismo, ainda por cima com a lição mal aprendida, veja-se o caso dos impostos, sem experiência de governação e grande desconhecimento do país", afirmou no final de um jantar em sua homenagem, na Casa do Alentejo, em Lisboa.

Defensor da convergência entre as forças de esquerda, Carlos Brito reiterou que vê possibilidades para uma ação convergente de oposição ao Governo, considerando que a recusa do PS, PCP e BE de participar na comissão eventual para a reforma do Estado é um "ótimo ponto de partida".