Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

CAP defende pagamento de 1 subsídio por inteiro e CCP critica aplicação...

Lusa

  • 333

Lisboa, 28 dez (Lusa) - A Confederação de Agricultores de Portugal defende o pagamento do subsídio de férias por inteiro e o de Natal em duodécimos no setor privado em 2013.

"Estamos de acordo com a medida, mas discordamos da forma como está a ser aplicada. Consideramos que é uma medida perversa porque em vez de escolherem um subsídio escolheram dois, porque é obrigatória e não facultativa", afirmou o presidente da Confederação de Agricultores de Portugal (CAP), João Machado, no Parlamento.

Já para a Confederação do Comércio e Serviços de Portugal (CCP) a questão de fundo prende-se com a aplicação da medida.