Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Canoagem: Mundiais maratonas - Medalhas só com "algo extraordinário" - José Ramalho

Lusa

  • 333

Porto, 18 set (Lusa) -- O canoista campeão da Europa José Ramalho assume que precisa fazer "algo de extraordinário" para surpreender também no mundial de maratonas, de sexta-feira a domingo em Roma.

"O facto de ser campeão da Europa claro que me obriga a ter mais responsabilidades, como é óbvio. Sei que tenho de fazer algo que seja uma mais-valia para tentar impor-me. Antigamente, era um desconhecido, agora, isso mudou", disse à agência Lusa o canoísta do CF Vilacondense.

Quarto nos mundiais de 2010, depois de ter sido "vice" europeu em 2009, José Ramalho assumiu protagonismo internacional, quando, em 2011, em França, acabou com o reinado de 10 anos do "monstro" espanhol Manuel Busto em K1.