Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Cancro: Centro norte-americano quer reduzir número de mortes no final da década

Lusa

  • 333

Washington, 22 set (Lusa) - O Centro Oncológico MD Anderson de Houston, nos Estados Unidos, anunciou hoje um plano para reduzir "consideravelmente" o número de mortos por cinco tipos de cancro no final desta década, a iniciar em fevereiro de 2013.

O médico Ronald DePinho, presidente do MD Anderson, quer por em marcha "um esforço sem precedentes para acelerar dramaticamente o ritmo da conversão das descobertas científicas em avanços clínicos que reduzam as mortes por cancro" no final desta década, segundo explicou em entrevista à CNN.

Os médicos do MD Anderson acreditam que, dentro de poucos anos, morrer de cancro do pulmão, pele, mama, ovário, próstata e leucemia pode ser tão raro como as mortes por pneumonia.