Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Canadiano que matou duas pessoas em tribunal das Filipinas morreu após ser alvejado pela polícia

Lusa

  • 333

Manila, 22 jan (Lusa) -- O canadiano que hoje matou um advogado e um médico numa sala de um tribunal de Cebú, nas Filipinas, morreu depois de ser alvejado pela polícia, revelou a imprensa local.

O canadiano, identificado como John Pope, iria ser julgado por posse ilegal de armas de vandalismo depois de ter sido detido em 2011.

O advogado era Julian Assis, que acompanhava Rene Rafols, o denunciante, explicou a emissora dzBB.