Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Canadá: PM do Quebeque cancelou aumento de propinas do anterior Governo

Lusa

  • 333

Toronto, Canadá, 21 set (Lusa) - A primeira-ministra eleita no Quebeque e líder do Partido independentista do Quebeque (PQ), Pauline Marois, cancelou, no seu primeiro dia de Governo, o aumento das propinas que o anterior governo pretendia aplicar e que motivou longos protestos estudantis.

Pauline Marois, a primeira mulher à frente do Governo do Quebeque na história daquela província francófona, ganhou as eleições provinciais de 04 de setembro.

O anterior Governo, do Partido Liberal do Quebeque (PLQ), decidiu na primavera deste ano aumentar em 75 por cento as propinas universitárias, o que provocou protestos massivos dos estudantes do ensino superior em Montreal e na cidade do Quebeque durante vários meses.