Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Campanha desobediência civil em Port Said reforçada com 27 mil grevistas

Lusa

  • 333

Cairo, 18 fev (Lusa) -- Cerca de 27 mil operários fizeram hoje greve na cidade egípcia de Port Said, no âmbito da campanha de desobediência civil convocada pelos apoiantes 'ultras' da equipa de futebol local, o Al Masry.

A campanha em curso foi convocada para protestar contra a alegada falta de justiça depois dos últimos tumultos na cidade.

A participação dos operários no segundo dia consecutivo de manifestações provocou a paragem de 23 fábricas, informou a agência noticiosa local, a Mena.