Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Câmara Municipal de Braga manifesta "veemente repúdio" por acusações do BE

Lusa

  • 333

Braga, 08 mai (Lusa) - A Câmara Municipal de Braga demonstrou "veemente repúdio" sobre as "insinuações" do BE, que acusou Mesquita Machado de "uso e abuso" de dinheiros públicos para "desenrascar familiares" com a anunciada expropriação de prédios para a Pousada da Juventude.

Em comunicado enviado hoje à agência Lusa, a autarquia afirmou que a intenção de expropriar dois prédios e um terreno vizinhos da Casa das Convertidas, com a intenção de ali instalar a Pousada da Juventude, é a "reafirmação" da vontade da autarquia "de preservar um património construído de grande importância".

Hoje, o Bloco apelidou a intenção da câmara de "mais um negócio à moda do Minho" por parte de Mesquita Machado, cuja filha era uma das proprietárias de dois dos prédios a expropriar, vendido a um "terceiro" já depois de "ser público o interesse da câmara na propriedade".