Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Câmara do Porto quer mandados judiciais para entrar em casas com dejetos de animais

Lusa

  • 333

Porto, 01 mar (Lusa) -- A Câmara do Porto pediu ao Tribunal Administrativo e Fiscal a emissão de pelo menos dois mandados judiciais para entrar noutras tantas habitações onde existem casos de insalubridade relacionados com dejetos de animais, alguns deles doentes.

A informação consta de duas ações judiciais movidas pela autarquia em fevereiro, depois de várias tentativas frustradas de resolver os problemas, desde 2008 e 2010, escreve-se nos processos a que a Lusa teve hoje acesso.

Um deles envolve uma idosa de 87 anos a viver com um "dezenas de cães e gatos" num apartamento com "sérios sinais de conspurcação ambiental e confirmação da existência de animais infetados", com doenças transmissíveis ao homem, escreve-se nos autos.