Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Câmara do Porto quer abandonar modelo de reabilitação do Palácio de Cristal

Lusa

  • 333

Porto, 20 jun (Lusa) -- A Câmara do Porto quer abandonar o modelo de reabilitação e exploração do Palácio de Cristal e incumbir uma empresa municipal de estudar e "negociar novas formas de parceria" para implementar o projeto do arquiteto Carlos Loureiro.

A proposta, a que a Lusa teve hoje acesso, vai ser apresentada pela maioria PSD/CDS na reunião camarária pública de terça-feira e prevê a "não assinatura do contrato com o agrupamento adjudicatário" formado pela AEP -- Associação Empresarial de Portugal, a Associação de Amigos do Coliseu do Porto, a Parque Expo 98, SA, e a Atlântico -- Pavilhão Multiusos de Lisboa.

A parceria público-privada para recuperar o Palácio de Cristal foi aprovada pelo executivo em julho de 2007 e em junho de 2009, mas a autarquia quer agora revogar o contrato programa celebrado com a PortoLazer, pagando-lhe o custo do projeto de reabilitação.