Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Câmara do Porto paga subsídios em junho salvo se "aparecer lei que o proíba" - Rio

Lusa

  • 333

Porto, 13 jun (Lusa) - O presidente da Câmara Municipal do Porto, Rui Rio, disse hoje que pretende pagar os subsídios de férias aos funcionários da autarquia em junho salvo se "aparecer uma lei que o proíba".

À margem da cerimónia de inauguração do Mercado do Bom Sucesso, o presidente da Câmara do Porto garantiu que é sua intenção pagar os subsídios em junho, acrescentando que a autarquia "tem dinheiro" e "quer pagar", não o fazendo "apenas de surgir uma lei que o proíba".

"A minha ideia é pagar os subsídios em junho. Não tenho qualquer problema em pagar. Tenho dinheiro para pagar e quero pagar. É isso que vamos fazer a não ser que entretanto surja uma lei que inequivocamente o proíba. Se aparecer uma lei que proíba, não vou violar a lei. Não aparecendo uma lei, pago em junho", disse Rui Rio.