Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Câmara do Porto anula receitas extraordinárias e reduz orçamento em 50 ME

Lusa

  • 333

Porto, 09 dez (Lusa) -- A Câmara do Porto decidiu anular as receitas extraordinárias previstas para 2012 devido aos falhanços na alienação da empresa Águas do Porto, na venda do Silo-Auto e na concessão dos parcómetros, escreve-se na 3.ª alteração ao orçamento.

O documento, a que a Lusa teve acesso, vai ser votado na reunião camarária de terça-feira e reduz o orçamento camarário de 2012 em 50 milhões de euros.

"Face à atual conjuntura do país, as receitas extraordinárias não se concretizaram" e "serão anuladas", escreve a Direção Municipal de Finanças na nota informativa que mereceu o visto do presidente da autarquia, Rui Rio.