Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Câmara diz que se estaleiros de Viana encerrarem será pela "incúria" do Governo

Lusa

  • 333

Viana do Castelo, 20 abr (Lusa) - O autarca de Viana do Castelo afirmou hoje que se os estaleiros navais encerraram "a culpa não é de Bruxelas", mas da "inação e incúria do Governo português", por não ter apresentado atempadamente um plano de reestruturação.

Em causa está a investigação publicada pela Direção-Geral da Concorrência da Comissão Europeia (CE) sobre os 181 milhões de euros de ajudas públicas atribuídas aos Estaleiros Navais de Viana do Castelo (ENVC) desde 2006.

No documento, de 03 de abril e citado hoje pelo socialista José Maria Costa em comunicado, a CE "assinala que Portugal não apresentou quaisquer elementos que pudessem assegurar o cumprimento dos requisitos necessários para considerar um auxílio à reestruturação como compatível", nomeadamente a "restauração da viabilidade a longo prazo da [empresa] ENVC, níveis aceitáveis de contribuição própria, medidas compensatórias adequadas", lê-se no documento.