Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Câmara de Rio Maior nega violação do PDM no edifício da Loja do Cidadão

Lusa

  • 333

Rio Maior, 14 jan (Lusa) -- A Câmara Municipal de Rio Maior rejeitou hoje ter violado o Plano Diretor Municipal (PDM) na construção do edifício que albergará a futura Loja do Cidadão, posição sustentada em comunicado pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDRLVT).

Instada a pronunciar-se sobre o caso, a CCDRLVT deu razão aos argumentos da presidente da Câmara de Rio Maior, Isaura Morais (PSD), e rejeitou as dúvidas levantadas inicialmente pela EICEL 1920, associação local de defesa do património, e mais tarde reforçada com as tomadas de posição do Bloco de Esquerda e do Partido Socialista.

Em comunicado, a Câmara salienta que sempre se baseou em pareceres dos técnicos do município e lamenta que a associação e os partidos que apresentaram a queixa não tivessem "a mesma confiança que o atual executivo deposita nos técnicos que integram os quadros da autarquia".