Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Câmara de Portalegre gerida por duodécimos no início de 2013, após chumbo do orçamento

Lusa

  • 333

Portalegre, 18 dez (Lusa) -- A oposição no executivo da Câmara de Portalegre, liderada pelo PSD, chumbou o orçamento municipal para 2013, no valor de 23,2 milhões de euros, o que conduz à gestão por duodécimos no início do próximo ano.

O orçamento foi chumbado em reunião extraordinária de câmara, na segunda-feira, pelos três eleitos do PS e pelo vereador da CDU, contra os votos a favor dos três eleitos da gestão social-democrata, força partidária com maioria absoluta na Assembleia Municipal de Portalegre.

Em declarações hoje à agência Lusa, a presidente do município, Adelaide Teixeira, acusou a oposição e, em particular o PS, de praticar uma política de "terra queimada" e de estar a fazer "campanha eleitoral".