Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Câmara de Lisboa prescinde de cerca de 60ME com redução de taxas e isenções em 2013

Lusa

  • 333

Lisboa, 16 nov (Lusa) - A Câmara de Lisboa vai prescindir de cerca de 60 milhões de euros em receita, com a redução das taxas de IRS e IMI e isenções em 2013, possível com a poupança decorrente da amortização da dívida do município.

A Câmara de Lisboa aprovou hoje, por unanimidade, reduzir de 5% para 3% a taxa de IRS (Imposto sobre o Rendimento de Pessoas Singulares) e de 0,35% para 0,3% a taxa de IMI (Imposto Municipal sobre Imóveis) para imóveis avaliados e de 0,675% para 0,6% de imóveis não avaliados no próximo ano.

A autarquia introduziu também novas isenções: no IMI e IMT (Imposto Municipal Sobre as Transmissões Onerosas de Imóveis) para prédios reabilitados e na derrama para os contribuintes com volume de negócio inferior a 150.000 euros e do pequeno comércio, incluindo pequeno retalho, restauração e farmácias, e para as empresas que se instalem no concelho até ao final de 2014 e "criem e conservem" um mínimo de cinco postos de trabalho.