Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Câmara de Lisboa adia discussão de autorização de hipoteca a empresa detida pela Bragaparques

Lusa

  • 333

Lisboa, 13 fev (Lusa) - A Câmara Municipal de Lisboa adiou hoje a discussão de uma proposta que previa autorizar a Companhia Portuguesa de Estacionamento (COMPOREST), detida pela Bragaparques, a hipotecar o parque de estacionamento da Praça da Figueira por 12 milhões de euros.

Segundo a proposta, a que a agência Lusa teve acesso, a COMPOREST pretende "constituir hipoteca sobre o direito de superfície correspondente ao Parque de Estacionamento da Praça da Figueira" a favor do BCP, BES, BPI, CGD e/ou Montepio Geral, "em singular ou em consórcio", num montante "até 12 milhões de euros" e num "prazo máximo de 20 anos".

Perante esta intenção, o vice-presidente da Câmara, Manuel Salgado, propunha aceitar o pedido de hipoteca, uma discussão que acabou por ser adiada.