Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Câmara de Lisboa acusada na PGR de má gestão em contrato com bancos estrangeiros

Lusa

  • 333

Lisboa, 05 mai (Lusa) -- A Câmara de Lisboa foi alvo de uma denúncia anónima na Procuradoria-Geral da República (PGR) por alegadamente ter antecipado o pagamento de um empréstimo contraído pela EPUL sem para isso estar habilitada e resultando daí prejuízo para o município.

Fonte oficial da PGR confirmou à Lusa que a queixa foi entregue no dia 19 de abril e que foi encaminhada para o Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP).

De acordo com a denúncia, a que a Lusa teve acesso, a Câmara Municipal de Lisboa (CML) assumiu uma dívida da EPUL junto de dois bancos estrangeiros, acordou com esses bancos a extinção da EPUL e que a extinção deveria ocorrer, o mais tardar, em janeiro de 2013.