Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Câmara de Fafe admite recorrer a tribunal para exigir hospital novo e público

Lusa

  • 333

Fafe, 09 mai (Lusa) - A Câmara de Fafe admitiu hoje recorrer "a todos os meios legais e judiciais" ao seu alcance para obrigar o Ministério da Saúde a construir o novo hospital da cidade e a mantê-lo integrado no Serviço Nacional de Saúde.

Em declarações à Lusa, o presidente da Câmara, José Ribeiro, lembrou que em 2009 o Município assinou um protocolo com o Ministério da Saúde para a construção de um novo hospital, que deveria estar pronto em 2013.

"Entretanto, foi lançado um concurso para o projeto, mas a partir daí nunca soubemos mais nada. O que sabemos é que a obra não começou e 2013 já vai a meio", referiu.