Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Câmara de Espinho prevê começar a saldar dívidas a 250 fornecedores na próxima semana

Lusa

  • 333

Espinho, 11 abr (lusa) - A Câmara Municipal de Espinho deverá na próxima semana começar a pagar as dívidas que tem em atraso para com os cerca de 250 fornecedores abrangidos pelo Programa de Apoio às Empresas Locais (PAEL), disse fonte autárquica.

Após diferentes pedidos de esclarecimento e alterações ao financiamento acordado com o Governo em novembro de 2012, o Tribunal de Contas aprovou na segunda-feira a atribuição à autarquia de uma verba de 8,2 milhões de euros.

O presidente da Câmara de Espinho, Pinto Moreira, admite que esse montante é inferior em cerca de 1,1 milhões de euros ao previsto no arranque das negociações, mas, ainda assim, realça que essa injeção de capital "permite ao município pagar dívidas e regularizar os seus débitos com cerca de 250 fornecedores".