Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Câmara de Comércio e Indústria da Guiné-Bissau ameaça paralisar país

Lusa

  • 333

Bissau, 06 jun (Lusa) - A Câmara de Comércio e Indústria da Guiné-Bissau ameaçou hoje "paralisar o país" caso o governo persista em ignorar o setor privado, como o acusa de ter feito de forma deliberada nos últimos tempos.

Numa conferência de imprensa, o presidente em exercício da instituição, Abel Incada, acusou o governo de transição de ser o responsável pela "desastrosa" campanha de caju (principal produto de exportação da Guiné-Bissau) deste ano.

Apontando incoerências no discurso governamental sobre a campanha do caju, alertou que se o executivo persistir em ignorar o setor privado a Câmara pode "paralisar os transportes e o comércio" e com os seus associados "paralisar o país", alertou..