Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Câmara de Beja exige ao Governo "resolução imediata do problema" das obras da A26 e do IP2

Lusa

  • 333

Beja, 28 mar (Lusa) - A Câmara de Beja exigiu hoje ao Governo a "resolução imediata do problema" das obras de construção da A26 e de requalificação do IP2, no Alentejo, que estão paradas e "sem recomeço, nem fim à vista".

A posição da autarquia, expressa num comunicado enviado à agência Lusa, surge após uma reunião entre a Estradas de Portugal, a Comunidade Intermunicipal do Baixo Alentejo, a Associação Empresarial do Baixo Alentejo e Litoral e os municípios de Beja, Castro Verde, Ferreira do Alentejo e Vidigueira.

As obras da subconcessão Baixo Alentejo estão "sem recomeço, nem fim à vista", afirma o município, referindo que na reunião concluiu-se que "não existem garantias" de que as empreitadas "vão ser retomadas brevemente e muito menos acabadas".