Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Câmara de Aveiro mantém IMI, mas revoga "pacote fiscal" para quatro anos

Lusa

  • 333

Aveiro, 06 nov (Lusa) - A Câmara de Aveiro decidiu hoje revogar o "pacote fiscal" para quatro anos, aprovado no final do mandato pelo anterior executivo, presidido por Élio Maia, e manter a taxa de IMI para 2014 nos 3%.

A deliberação, sob proposta da maioria PSD/CDS/PPM, contou ainda com o voto favorável do PS, tendo votado contra a vereadora Rita Conceição, do movimento Juntos por Aveiro, que substituiu Élio Maia no executivo.

Eduardo Feio, vereador socialista, justificou o voto ao lado da maioria por já ter votado contra o "pacote fiscal" de Élio Maia, apresentado em vésperas de eleições autárquicas, cuja oportunidade política havia questionado.