Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Câmara de Arouca faz "ultimato" contra falta de médicos no centro de saúde

Lusa

  • 333

Arouca, 23 mai (Lusa) - O presidente da Câmara de Arouca anunciou hoje para quarta-feira uma manifestação popular à porta da Administração Regional de Saúde/Norte, a quem diz ter apresentado um "ultimato" contra a falta de médicos no centro de saúde local.

Em declarações à Lusa, José Artur Neves diz que a situação atingiu "o ponto limite" porque o centro de saúde não tem médicos suficientes para todos os utentes, deixou de assegurar a medicação dos doentes crónicos e perdeu maleabilidade para dar resposta a todas as solicitações - "precisamente quando o Governo aprovou uma nova lei para incentivar uma gestão mais flexível".

Com base nesses argumentos, o autarca diz ter apresentado "um ultimato à ARS do Norte" e garante que "se a situação não se alterar em poucos dias" está já marcada para quarta-feira uma manifestação de populares junto às instalações desse organismo, no Porto.