Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Calma precária em Siliana, Tunísia, após confrontos que causaram 206 feridos

Lusa

  • 333

Siliana, Tunísia, 28 nov (Lusa) -- As forças da ordem tunisinas reduziram a sua visibilidade hoje ao cair da noite em Siliana, 120 quilómetros a sudoeste de Tunis, onde reinava uma calma precária depois de um segundo dia de confortos, noticia a AFP.

A agência noticiosa tunisina TAP noticiou mesmo a retirada de Siliana do conjunto das forças da ordem, o que o porta-voz do Ministério do Interior, Khaled Tarrouche, desmentiu à agência AFP.

Este segundo dia consecutivo de greve geral e de violência entre manifestantes e polícia causou, segundo fontes hospitalares, 206 feridos.