Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Cairo adverte Washington de que suspensão de ajuda militar seria um erro

Lusa

  • 333

Washington, 20 ago (Lusa) -- O primeiro-ministro interino egipcío, Hazem Beblawi, advertiu na terça-feira os Estados Unidos de que cometem um erro caso suspendam a sua ajuda militar anual de 1,3 mil milhões de dólares (968 milhões de euros) ao Egito.

Se Washington colocasse entre parentisis ou cortasse a sua assistência militar ao Egito, "isso seria um mau sinal e afetaria o exército durante um determinado tempo", declarou o chefe interino do governo egípcio, Hazem Beblawi, numa entrevista à estação de televisão norte-americana ABC News.

Mas "não esqueçamos que o Egito viveu com o apoio militar da Rússia e sobreviveu. Não é o fim do mundo e podemos viver em circunstâncias diferentes", indicou.