Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Cabo Verde: Líder da oposição prevê "tempos difíceis" para a população

Lusa

  • 333

Cidade da Praia, 01 ago (Lusa) - O presidente do Movimento para Democracia (MpD, maior partido da oposição) previu hoje "tempos difíceis para os cabo-verdianos e alertou para a necessidade de se reduzir o défice para menos de 3,6 por cento do PIB até 2015.

Em conferência de imprensa para fazer o balanço do ano político, Carlos Veiga culpou o executivo por não ter conseguido trazer soluções para os problemas do arquipélago.

"Estamos a crescer abaixo do potencial do país e as perspetivas das últimas projeções do Fundo Monetário Internacional (FMI) apontam para uma estagnação até 2016. Com esse ritmo, não teremos quaisquer possibilidades de reduzir o desemprego, sendo que, no ajustamento orçamental, o défice deve baixar de menos de 10,1 por cento para menos de 3,6 por cento do PIB em 2015", sublinhou.