Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Cabinda: Para Luanda, o conflito há muito que está resolvido

Lusa

  • 333

Luanda, 03 ago (Lusa) - A Frente de Libertação do Estado de Cabinda (FLEC), a mais antiga organização independentista do enclave, completa domingo 50 anos, mas em Luanda há muito que o conflito está dado como resolvido.

Está dado como resolvido e ganho há pelo menos sete anos quando no Namibe, sul do país, foi assinado o Memorando de Entendimento para a Paz e Reconciliação na província de Cabinda, fruto das divisões entre as várias fações em que se dividiu a FLEC, exploradas pelo regime do Presidente angolano José Eduardo dos Santos.

Na ocasião, Roberto de Almeida, então presidente da Assembleia Nacional e que esteve presente no ato em representação de José Eduardo dos Santos, foi claro: "Desde abril de 2002 que apenas na província de Cabinda continuava a existir um conflito armado, superado pelo patriotismo, bom senso e a capacidade de diálogo de todas as partes envolvidas".