Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Burlas à ADSE confirmadas num tribunal do Porto

Lusa

  • 333

Porto, 09 out (Lusa) - Um dos 65 arguidos num processo por alegadas burlas à ADSE assumiu hoje, nas Varas Criminais do Porto, que nunca foi tratado na clínica dentária que o Ministério Público associa ao esquema.

Fernando, um funcionário da empresa Águas do Porto, confirmou a informação constante da acusação, segundo a qual a Direcção-Geral de Protecção Social aos Funcionários e Agentes da Administração Pública creditou 665 euros na sua folha salarial a título de comparticipação por tratamentos dentários inexistentes.

Atribuiu o sucedido à colega de trabalho e coarguida Laura, a quem teria recusado a cedência do seu cartão da ADSE, algum tempo antes, e acrescentou que ela própria lhe veio a confessar o estratagema.