Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Buraco do ozono provocou alterações na circulação dos oceanos na Antártida - Science

Lusa

  • 333

Baltimore, 31 jan (Lusa) - O buraco do ozono na zona da Antártida provocou mudanças na forma como se mistura a água dos oceanos do sul do planeta, uma situação que pode ter impacto nas alterações climáticas, alerta um cientista norte-americano.

Num estudo publicado hoje na revista 'Science', a equipa de Darryn W. Waugh, do departamento de ciências planetárias e da Terra na Universidade de John Hopkins, mostra que as águas intermédias subtropicais nos oceanos do sul têm ficado 'mais novas', enquanto as águas mais próximas do polo têm ficado 'mais velhas'.

Estas mudanças, explicam, são consistentes com o facto de os ventos à superfície terem ficado mais fortes à medida que a camada do ozono foi ficando mais fina.