Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Bruxelas recomenda aos 27 criação de "garantia" para o emprego e formação dos jovens

Lusa

  • 333

Bruxelas, 05 dez (Lusa) -- A Comissão Europeia recomendou hoje aos Estados-membros a criação de uma "garantia da juventude", uma iniciativa que visa garantir que os jovens até aos 25 anos têm oportunidades formativas ou profissionais depois de acabarem os estudos.

A recomendação da "Comissão Barroso" faz parte de um conjunto de medidas destinadas a combater os "níveis inaceitáveis" de desemprego jovem que foi apresentado hoje, em Bruxelas, quando há mais de 5,6 milhões de jovens desempregados na União Europeia (UE).

A introdução da "garantia da juventude" tem como objetivo "assegurar que todos os jovens até aos 25 anos recebam uma oferta de qualidade de emprego, de continuação dos estudos, de contratos de aprendizagem ou de estágio profissional, no prazo de quatro meses após terem terminado o ensino convencional ou de terem ficado desempregados", explica Bruxelas.