Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Bruxelas quer reforçar direitos de trabalhadores, estudantes e estagiários na UE

Lusa

  • 333

Bruxelas, 08 mai (Lusa) -- A eliminação dos "obstáculos" que trabalhadores, estudantes e estagiários enfrentam na União Europeia (UE) é uma das 12 medidas destinadas a reforçar os direitos dos cidadãos no espaço comunitário apresentadas hoje pela Comissão Europeia.

O executivo comunitário adianta, em comunicado, que quer "estudar" a possibilidade de alargar, além dos atuais três meses obrigatórios, o direito de que beneficiam os candidatos a emprego de receberem subsídios de desemprego do seu país de origem enquanto procuram emprego noutro Estado-membro.

No que diz respeita aos estagiários, Bruxelas defende a definição dos "direitos e as obrigações das partes, de modo a assegurar que os estágios não sejam utilizados como uma forma de emprego não remunerado".